Facebook Twitter Gplus YouTube
Home padrao Ato em Defesa de Paulo Freire

Ato em Defesa de Paulo Freire

Publicado em 30/10/2017

A Cátedra Paulo Freire (PUC-SP) e o Coletivo Paulo Freire por uma Educação Democrática organizaram um ato em memória e defesa do título do educador como Patrono da Educação Brasileira, título aprovado em 2012 em votação unânime no Congresso Nacional.
Paulo Freire morreu em maio de 1997. Foi professor da PUC-SP por 17 anos, depois de ter sido acolhido pela Universidade em sua volta do exílio, ocorrida durante o regime militar. Foi secretário Municipal de Educação de São Paulo, a convite da então prefeita Luiza Erundina. Seu livro Pedagogia do Oprimido (1968) foi traduzido para mais de 20 idiomas e, somente na Capes, 1.843 dissertações e teses trabalham com “referenciais freirianos” nos seus estudos.
Paulo Freire foi um dos mais reconhecidos pensadores e educadores brasileiros, com métodos educacionais aplicados em diferentes países.

Repórter: Ariane Freire

Quem desejar aderir ao manifesto deve enviar nome, formação ou função para o e-mail paulofreirepatrono@gmail.com. O documento foi lançado no último dia 16/10, pela deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), e pretende lutar pela manutenção do título dado ao educador, em 2012, por iniciativa da parlamentar. A proposta de retirada do título foi apresentada ao Senado, como ideia legislativa de origem popular, por Stefanny Papaiano, de São Paulo.

Para ler o manifesto:

https://issuu.com/paulofreirepatronodaeducacaobrasile/docs/2017.10.16_-_manifesto_coletivo_pau

Pagina do evento:

https://www.facebook.com/events/292219224610449/

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
© TVPUC-SP / Assista à CNU no canal (11) NET TV - canal (10 ou 187) VIVO TV